Madde Comunicação
Agência Digital

.

Tendências do marketing digital para 2019 (3 de 4)

Na terceira semana de futurologia, prevemos que 2019 será o ano em que nos deixamos de queixar da RGPD :)  Vá, brincadeiras à parte, acreditamos que o próximo ano será de influência cada vez mais móvel.

Influencer marketing

A utilização de influenciadores digitais não é propriamente uma novidade, mas a sua importância é crescente. Basta repararmos que são vários os influenciadores que têm mais seguidores do que as próprias marcas que representam.

Um relatório da Nielsen apurou que 92% das pessoas online confia mais na opinião de outras pessoas (mesmo que desconhecidas) do que na mensagem das marcas. O Twitter diz-nos que os seus utilizadores se sentem cinco vezes mais inclinados a adquirir um produto se a promoção for feita por um influenciador e não pela marca. Aproveitamos e lançamos-lhe um desafio: faça uma pesquisa comparativa no Google Trends entre "influencer marketing", "print advertising" e "vídeo advertising". Depois partilhe connosco a conclusão a que chegou.

Mais do que reconhecer a sua necessidade no marketing digital, importa perceber como integrar os influenciadores digitais de forma eficaz. Se por um lado os consumidores mostram confiar nas dicas das suas estrelas, por outro também estão mais conscientes da presença das marcas, por isso já não estão tão recetivos às suas mensagens. Na Madde acreditamos que o dilema se resolve adotando duas abordagens principais.

A relação marca/influencer será mais subtil e prolongada. A utilização pontual não só retira credibilidade ao influencer marketing, como potencia o abandono da marca pelo influencer. Ao criar uma relação duradoura, a marca e o influencer crescerão e melhorarão em conjunto.

Se está a perguntar-se se o influencer marketing é dispendioso, a resposta é sim. Mas então se a sua marca/negócio não podem dispensar o marketing de influência, como beneficiar desta estratégia sem estoirar o seu budget?

Considere a hipótese de criar um grupo de micro-influenciadores (até 30.000 seguidores). A Madde aposta nesta abordagem para 2019, por várias razões:


  • De acordo com o seu departamento de marketing digital, o New York Times diz-nos que um micro-influenciador alcança 60% mais de engagement que uma campanha média. Asseguram o engagement que procura;
  • Os micro-influenciadores são rentáveis, com cerca de sete vezes mais envolvimento dos seus seguidores que um influenciador;
  • Têm mais de 22 vezes o número de conversações que um utilizador normal, gerando o buzz necessário;
  • Quando o propósito é criar brand awareness e exposição, vários micro-influenciadores em várias redes permitem-lhe saturar o mercado com a sua mensagem;
  • Os micro-influenciadores são criadores. Construíram a sua carreira e reputação e têm a capacidade de perceber o seu público, construir a sua mensagem e entregá-la com qualidade. Consegue lembrar-se de melhor parceiro para a imagem do seu produto?
  • Se o seu posicionamento é assente na autenticidade e personalização - micro-influenciadores! Um micro-influenciador cuida da sua comunidade, envolve-se com a mesma, procura estar presente em eventos do seu nicho e convive com os seus seguidores - algo praticamente impossível para um grande influenciador. Disto resulta uma maior confiança da comunidade no micro do que no grande influenciador, pois este último é visto como alguém que trabalha com marcas apenas pelo retorno financeiro.

Na Madde usamos duas estratégias principais para beneficiar do marketing de influência com micro-influenciadores:

1.Ao invés de nos preocuparmos somente com volume de "reach", identificamos influencers que partilham os valores e audiência da marca. Partilhamos conhecimentos e usufruímos da importância que dispõe no nicho. O propósito é colaborar.

Em seguida são criadas duas campanhas de marketing. Uma para usufruto dos próprios influenciadores e outra para que estes possam criar percepção da marca na sua comunidade - um snack contente. Por fim avaliam-se as métricas de alcance, vendas e reconhecimento de marca.

2.Como referimos atrás, os micro-influenciadores são excelentes criativos por excelência. Por isso, vale a pena integrá-los no processo criativo do princípio ao fim. O resultado são mensagens mais genuínas, adequadas e atuais. Ninguém melhor do que um influenciador para saber o que liga e desliga as pessoas com gostos idênticos. Para além disto, a integração do micro-influenciador permite alargar o espetro de nichos que o produto pode alcançar. Por fim, deve valorizar-se o feedback que o micro-influenciador pode dar à marca no que respeita a melhorias no produto e ajustes no posicionamento. Este tipo de informação é muitas vezes ignorado, mas pode fazer a diferença entre o flop e o sucesso.

Antes de terminar não podíamos deixar de influenciá-lo. Já pensou em olhar para dentro da sua organização? Provavelmente terá alguns bons micro-influenciadores entre a sua equipa.

Mobile marketing

Reconhecemos que não é uma grande novidade. Nem é preciso uma bola de cristal para chegar a esta previsão - basta um telemóvel. Aliás, qualquer uma das mais de 4 mil milhões de pessoas no mundo lhe podia dizer isto. Sim... 4 000 000 000 de pessoas (dados Statista).

Mais dados:

  • Os utilizadores passam, em média, duas vezes mais minutos por dia em navegação de lazer ou compra nos suportes mobile do que nos desktop;
  • Em 2019, 79% dos anunciantes americanos irá gastar mais em publicidade para mobile;
  • 80% do tempo em redes sociais é passado em suporte mobile;
  • 88% dos utilizadores que procuram uma loja no Google mobile, visitam-no no espaço de 24 horas;
  • 89% da utilização em mobile é passada em apps.

Porque é que a Madde insiste com os seus clientes para que apostem na criação de mensagens e suportes para o mobile? Por causa disto.

Alcance

Como já referimos, existe uma progressão contínua no crescimento de utilizadores de telemóveis - prevê-se 5 mil milhões de utilizadores em 2019. Destes, mais de 50% refere-se a smartphones.

Pensando nestes números, a promoção em suporte mobile será uma das melhores formas de alcançar o seu potencial consumidor no momento certo com o produto certo.

Volume

Atualmente já não é preciso um computador para visitar um website. Aliás, a nível mundial, mais de 50% dos acessos a websites é feito em smartphones (dados Statista). Por isso, se não tem um site responsive ou uma app está a perder oportunidades de venda.

Exposição

Segundo a Marketingland, os equipamentos mobile são responsáveis por 70% do tempo usado para ver conteúdo digital. Aprofundando este dado, descobrimos que se os desktops e os tablets têm diminuído de importância, os smartphones têm-na aumentado e sem sinal de abrandar.

Para além disto, a comScore diz-nos que a publicidade mobile é mais eficaz do que a desktop, especialmente quando se aproxima a decisão de compra. Sobre este detalhe, é de referir a pertinência da geolocalização para potenciação do comportamento de aquisição.

Pesquisa

A Google informa que desde 2015 a pesquisa em equipamentos mobile é superior à desktop. E a importância do mobile é tão significativa que a Google separou o indicador "pesquisa paga" mobile do desktop. É tão importante que merece uma análise separada. Isto significa que as suas campanhas devem ser pensadas para o mobile e que está prestes terminar a sua oportunidade para se tornar uma referência nesta área, pois em breve estará sobrecarregada.

Rentabilidade

A publicidade em meios tradicionais como revistas ou TV pode tornar-se muito cara, ao passo que o anúncios mobile ainda são sustentáveis para a maioria das empresas. Esta vantagem é importante para a realidade portuguesa onde os recursos financeiros adjudicados ao marketing são sempre escassos. 

Com todos estes bons argumentos, espera o quê para contactar a Madde e planear o seu marketing digital para o próximo ano? Não espere. Garantimos que não só se adianta à concorrência, como lhe contamos em primeira mão as duas tendências que faltam para completar o ano de 2019 (e que as outras pessoas só poderão ler no artigo da próxima semana. Às terças-feiras, como de costume).

Até já :)

Escreva-nos

Apresente-nos um desafio.

info@madde.pt

Pressione enter
Press enter

Sua mensagem foi enviada. Iremos entrar em contacto com você em breve!

Press enter